Rainhas Latrinoamericanas (2014)

 

Esta é uma ação que parte dos lugares assumidos pela figura feminina na sociedade atual, através do imaginário da super heroína, das personagens de contos de fadas, de desenhos animados, do universo das misses. Rainhas Latrinoamericanas é um conjunto de ações que se organizam e se moldam a partir do encontro dessas figuras. Status, privilégio, desequilíbrio, decadência, excessos: elementos da realidade que nos movem. Competição é a palavra-chave para a sobrevivência das rainhas. Tentamos manter a pose! (nem sempre inabalável). O rímel escorre, o salto dificulta o equilíbrio, a paciência acaba. Somos a mistura disto, consideramos a vida como risco e a arte como lugar de evidência. Somos também nossas performances: as ações combinadas e recombinadas que compõem esse encontro. Você é convidado. Se quiser, entre no jogo, feche e abra os olhos e recortará, a seu modo, o que lhe é apresentado.

Colaboração criativa: Cecília Lauritzen, Diana Gilardenghi, Diana Piazza, Jussara Belchior, Mayana Marengo, Michele Louise Schiocchet, Milene Duenha, Paloma Bianchi, Raquel Purper.

Performers: Cecília Lauritzen, Diana Piazza, Jussara Belchior, Mayana Marengo, Michele Louise Schiocchet, Milene Duenha, Paloma Bianchi, Raquel Purper.

Produção : Gabriel Campos

  • Mostra do processo compositivo “Rainhas Latrinoamericanas” no dia 10 de dezembro de 2014 na cidade de Florianópolis.
  • Apresentação no 2º Encuentro de cuerpos y corporalidade en las culturas no dia 03 de outubro de 2015 na cidade de Bogotá – Colômbia.
  • Apresentação de processo no VERSO – Seminário de Verão em Residênciacc3b3pia-de-31.jpg